sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Dead Crawl Classics: A Cabana

    Essa postagem é um guia para que você faça um funil/cabana divertido e coerente para seus jogadores, jogando-os no mundo do sobrenatural e zumbis. Normalmente, os personagens que sobreviverem devem sair do funil com capacidade para escolher uma classe, alguma arma ou objeto de sua classe (como um Grimório para um Nerd, ou uma Serra Elétrica para um Matador). Isso pode ser feito facilmente seguindo alguns passos na preparação. Então, aí vão os passos modulares:




PASSO 1: INVENTE A LOCAÇÃO
               
    O cenário mais clássico é a Cabana na Floresta, como em A Morte do Demônio. Mas os ambientes podem ser tão diversos como uma base militar e um hospital (Planeta Terror).

PASSO 2: INVENTE O SOBRENATURAL

    Em AMDD, temos o Necronomicon transformando os adolescentes em Demônios/Zumbis. Mas pode ser qualquer coisa, até um vírus, que vai deixar o jogo com uma cara mais Ficção-Científica. Esse sobrenatural PRECISA ser extremamente mortal, para que os personagens possam ser facilmente mortos.

PASSO 3: COLOQUE ARMAS & PERGAMINHOS

    Sim, tudo que os personagens precisam para entrar de cabeça no mundo de Matadores do Demônio! Pergaminhos de magia que derretem caras e explodem pessoas. Serras Elétricas para empalar Zumbis de bobeira.

PASSO 4: DETALHES, DETALHES E MAIS DETALHES

    Tudo que faz um jogo ser mais divertido pode ser inserido tanto antes quanto durante a aventura, sejam piadas ou background, além de Easter Eggs e tesouros que os jogadores só conseguirão se forem EXTREMAMENTE ENGENHOSOS. Também arrume jeitos de matar personagens de maneira idiota, isso combina bem com o estilo Evil Dead e DCC.



A próxima postagem trará uma Cabana de exemplo. Na verdade, tudo depende do Mestre imaginar coisas fora da caixa, e de sua noção do jogo pra não colocar perigos demais e fazer um TPK ou dar armas demais a eles e permitir que um jogador fique com vários personagens vivos.

Aproveito aqui para agradecer a ajuda do Crustie Noise, do blog Masmorra Maldita e do Privada Cultural. Valeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário